:: CONHECIMENTO X ANÁLISE CRÍTICA: O MAL DA NOSSA ERA ::

conhecimentoXanalise

Vivemos a Era do Conhecimento. Informação irrestrita, a alguns cliques de distância. A internet nos deu acesso à informação de uma forma que nossos pais nunca poderiam imaginar. Com um pouco de boa vontade, aprendemos mais em 1 semana de pesquisa do que em 1 ano de escola. Aprendemos sobre qualquer assunto, acessamos diversos pontos de vista sobre o mesmo tema. Fazemos cursos gratuitos de universidades renomadas. Estudamos sobre o que quisermos, onde e quando quisermos.

É de se imaginar que tamanha revolução produza ótimos frutos, e que os níveis de inteligência e produção intelectual da nova geração sejam elevados de forma exponencial. Infelizmente, não é o que se vê. É cada vez mais comum vermos pessoas que se perdem em teorias da conspiração, que acreditam em bizarrices e as defendem com argumentos rasos, que duvidam de décadas de ciência por causa de um post em algum blog que cita algum “renomado” físico indiano. Inúmeros são os exemplos.

“Saber muito não lhe torna inteligente. A inteligência se traduz na forma como você recolhe, julga, maneja e, sobretudo, onde e como aplica esta informação.” – Carl Sagan

Isso ocorre porque o conhecimento é um dos ingredientes da inteligência, mas não o único. Temos acesso livre e imediato à informação, mas não temos acesso livre e imediato ao bom senso, à análise crítica, ao ceticismo, à reflexão. Ser habilitado ao exercício do raciocínio é algo que requer educação, prática e paciência. Assim, temos um exército de pessoas que sabem muito, mas pensam pouco; decoram tudo, mas não compreendem nada; acreditam demais, nunca questionam. Uma multidão que conhece um pouco de tudo, mas não é capaz de produzir nada novo e relevante daquilo que conhece.

Esse quadro só pode ser mudado através da educação. O sistema de ensino precisa abandonar o velho conceito de formar apenas replicadores de conteúdo, desses que são capazes de resolver cálculos complexos de ótica e eletromagnetismo, mas não entendem onde eles se aplicam na natureza; que decoram datas e fatos históricos, mas não compreendem no que eles influenciam na atualidade. Parar de preparar os alunos para a Fuvest e começar a prepará-los para a vida, ao exercício pleno da racionalidade.

Sem isso, vamos conviver com uma legião de defensores de misticismo quântico, curas mágicas, envolvimento alienígena na política, profetas do fim do mundo. Até quando?

Fernando Barscevicius

https://www.facebook.com/feebarscevicius

Fonte: http://sociedaderacionalista.org/2012/11/25/conhecimento-x-analise-critica-o-mal-da-nossa-era/

Escreva o que pensa a respeito...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s