[ Precisamos Falar de Algoritmos ]

matrix

A sociedade em que vivemos está repleta de algoritmos!!

Nossos telefones celulares, ou melhor, os smartfones, carregam em suas memórias um sem número de algoritmos!

Boa parte dos equipamentos que utilizamos no dia a dia possui algum tipo de algoritmo que controla o seu funcionamento. Desde o forno de microondas até mesmo o seu automóvel.

Enquanto navegamos na web, muitos softbots silenciosamente, na maioria das vezes, monitoram nossos passos, coletando dados, de nossas compras, de nossos cliques, enfim, de toda a nossa atividade no tal mundo virtual.

A Caverna do Facebook é um emaranhado de algoritmos, de inteligências artificiais que lidam com aprendizagem de máquina e vão nos conhecendo melhor do que nós mesmos. Se duvidar os algoritmos do Facebook sabem coisas sobre a nossa pessoa que desconhecemos ou nem fazíamos ideia. A cada compartilhada, a cada curtida, a cada foto publicada, os mecanismos de aprendizagem de máquina do Facebook vão se alimentando de informações sobre a nossa pessoa. E vão aprendendo não somente sobre nós como também sobre nossos amigos e familiares, nossos hábitos de consumo, de leitura, filmes que gostamos ou não, nossas orientações políticas, et cetera, et cetera e tal…

Diante disso muitos parecem ignorar essa realidade. Esquecem que estes algoritmos são feitos com objetivos bem determinados e muitas vezes nada nobres. O Facebook não foi feito apenas para que nós nos divirtamos nele, ou para deixarmos nossos amigos e parentes por dentro do que vem acontecendo em nossa vida, ou também para compartilharmos nossa felicidade. O Facebook foi feito para ganhar dinheiro (muito dinheiro hoje em dia) com a gigantesca massa de dados que nós produzimos quando estamos nos divertindo lá.

E como os algoritmos governam a nossa vida é preciso entendermos melhor o funcionamento dos mesmos e como eles afetam nossa vida!!

No caso específico do Facebook, a nossa vida é afetada por ele a partir do momento que seus algorítimos decidem o que iremos ver e o que não iremos ver em nossa timeline. Talvez você nunca tenha se dado conta de que milhões de posts são publicados diariamente pelos habitantes da Caverna do Facebook. E quanto mais contatos temos no Facebook mais conteúdo se torna candidato a pintar em nossa time line. Mas então, como é que não somos “soterrados” por tanta informação e “miraculosamente” surge em nossa timeline coisas do nosso interesse?

Como disse em um parágrafo acima, a medida que vamos publicando, clicando, compartilhando, enfim, agindo no Facebook, seus algorítimos de aprendizagem de máquina vão nos conhecendo melhor, aprendendo mais sobre a gente. A explicação mais técnica diz que os algorítimos do Facebook se valem de mecanismos estatísticos para determinar aquilo que você gosta mais ou menos.

Acontece que uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos algorítimos de aprendizagem de máquina é lidar com o contexto das informações. Por exemplo, pode acontecer de você publicar muita coisa contra uma determinada pessoa, citar muito ela de forma pejorativa, compartilhar muitas matérias que denigrem a imagem da mesma ou que falam mal. Infelizmente, para o mecanismo de aprendizagem do Facebook ele poderá entender que na verdade você gosta dessa pessoa, afinal de contas você vive citando ela em suas publicações. Ok?! É a questão do contexto. Quem sabe um dia as inteligências artificiais evoluam mais e assim consigam lidar com isso.

Portanto, no Facebook nós não somos tão autônomos quanto pensamos. Os algoritmos do Facebook vivem decidindo o que é mostrado e o que não é mostrado em sua timeline!! Esta reportagem aqui dá uma noção de como os algoritmos do Facebook decidem o que mostrar ou não em sua time line.

Escreva o que pensa a respeito...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s