[ Reflexões Sobre a Justiça ]

“Sentimos algo ruim a que chamamos injustiça e por isso desejamos seu oposto, a justiça. Pensamos nela como quem se pergunta como cessar uma dor ou uma frustração específica – como o acontecido que me entristeceu poderia “desacontecer”? Em suma, pensamos a justiça como algo que não temos, mas queremos. Estado desejável de acontecimentos e de espírito. Desejo provocado pelo oposto do objeto desejável”.

“Sócrates lhe opõe a ideia de que só é digno de governar a outros aqueles que antes são dignos e capazes de cuidarem e de governarem a si mesmos”.

“…para Platão, a boa cidade não é aquela que possui belos edifícios ou facilidades materiais de qualquer ordem, mas aquela que possui bons cidadãos, então o bom político seria aquele que contribui para melhorar os homens, o que os torna mais virtuosos. Para tanto, seria preciso, antes, tornar-se virtuoso, conhecendo e cuidando de si mesmo”.

“Seria possível, porém, que alguém transmitisse alguma coisa que não possuísse?”

“Mas somente um tirano dos costumes poderia imaginar que a vida que o alegra alegraria a mim também”.

“…conhecer a regra da justiça não significa, necessariamente, segui-la”.

“Para Hume – filósofo inglês do século XVIII –, nossa mente ou nosso espírito funcionaria segundo três princípios de organização das ideias ou pensamento: semelhança, contiguidade e causalidade. Quer dizer que os atos de pensamento que ocorrem em nossa mente seriam apenas a organização das ideias, aproximando e inter-relacionando algumas e afastando outras”.

“a ordem do mundo não seria algo percebido, mas criado, por princípio, pela nossa mente’.

Trechos do livro, “A filosofia explica grandes questões da humanidade“, de Clóvis de Barros Filho e Júlio Pompeu.

Escreva o que pensa a respeito...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s