[ O Caminho do Meio ]

Os orientais possuem um entendimento há muito difundido entre nós ocidentais. É o famoso caminho do meio. 

Segundo esse entendimento o equilíbrio é o que deve ser buscado. Em linhas gerais e mais popularmente falando, podemos dizer que tudo demais é veneno!

Sou adepto dessa linha de pensamento e por conta disso quando vejo certos exageros começo e pensar que pode-se estar indo por um caminho não muito bom.

Noto que o orgulho de um povo pode se encaixar nesse pensamento.  Em certa dose é bastante salutar que um povo seja orgulhoso de si, de suas realizações, de seus feitos e conquistas. Porém quando esse orgulho se torna grande demais, de forma exagerada, esse orgulho passa a ser uma atitude arrogante. A arrogância cega! Orgulho demais pode levar a um mundo de fantasia onde a pessoa ou até mesmo um povo acredite piamente num conjunto de verdades que foi construída em cima desse orgulho que acabou se transformando em arrogância. 

O excesso de orgulho e a conseqüente arrogância é capaz até mesmo de dificultar a auto-crítica! 

Para finalizar essa meditação lembro da história de um imperador romano que diziam possuir um auxiliar que ficava ao seu lado sempre que eles voltavam de alguma campanha vitoriosa e entravam em Roma sendo aclamados pelo povo. Esse auxiliar ficava constantemente falando ao imperador: “Você é humano! Você é humano!”. Era uma forma de lembrar o imperador que ele era falho e que não deveria entrar na vala comum do excesso de orgulho e por conseguinte arrogância.

😉

Escreva o que pensa a respeito...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s