[ Uma questão de conforto e consolo, seja na religião, seja na política ]

A palavra fé vem do latim fides, e do Grego pistia, que é a firme opinião de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão. Em palavras mais simples, podemos dizer que fé é acreditar naquilo que não vemos!

Bom, partindo desse princípio é fácil observar que no contexto religioso a fé é exatamente isso. Além do mais, a fé traz um conforto e um consolo àquele que professa algum credo. Esse consolo se manifesta de diversas maneiras, seja na crença de que a vida não termina com a morte do corpo, isto é, a ideia de paraíso, ou vida após a morte, seja na crença de que há uma coisa melhor guardada para você mesmo diante de todas as desgraças da vida, ou que tudo vai dar certo no final. Enfim, a fé, para muitos é extremamente necessária! Percebo que se não fossem essas crenças muitos até já teriam se matado!

E na política existe isso?!

Sim, e como existe!!!!

Meu campo de observação, e porque não dizer, espaço de pesquisa, tanto tem sido tanto aqui, o mundo facebookeano, como o cotidiano, conversando com as pessoas. Tenho notado, especialmente nas defesas apaixonadas e acaloradas que muitos fazem de certos políticos ou partidos políticos e até mesmo ideologias, a mesma empolgação daqueles que professam um determinado credo, ou que possuem fé em algo! Incrível como há fé, não do ponto de vista religioso, em políticos e em partidos.

E assim como a fé do ponto de vista religioso é algo necessário para manter o equilíbrio de muitos, a fé em uma ideologia, partido ou político em especial também se mostra igualmente necessário para manter o norte de outros tantos!! É quase impossível eu imaginar certas pessoas sem a crença em um determinado político ou partido!

E aí vemos um paralelo interessante entre religiões e certas ideologias político-partidárias! Enquanto que as religiões prometem o paraíso após a morte, muitos partidos políticos, através de seus representantes (seriam o equivalente a sacerdotes???) prometem também uma vida melhor, só que aqui mesmo, nessa existência!!! Pena que muitas e muitas vezes ficam apenas na promessa, na retórica!

No final das contas, o que vemos é que tanto no plano religioso como no político, muitas e muitas pessoas se apegam a um conjunto de crenças e passam a pautar suas vidas naquilo! E ai de quem discordar delas! E se caso tentar demovê-las das mesmas ou poderá levá-las a um estado de profunda desilusão e consequente depressão, ou imensa revolta para com aquele que proferiu a heresia, seja ela de cunho religioso, seja ela de cunho político-partidário!

Portanto, quando percebo que um conjunto de crenças é responsável por trazer um certo conforto e consolo a alguém, sejam essas crenças de cunho religioso ou político-partidário, não tentarei convencê-lo do contrário. Afinal de contas, vai ver que esta pessoa encontrou este conforto e este consolo para suas dores existenciais nessas crenças. Sejam crenças de uma vida melhor após a morte ou uma vida melhor com a eleição de algum candidato. Só espero que a recíproca seja verdadeira, isto é, que venha a respeitar minhas crenças, que podem ser altamente contrárias àquilo que ela pensa, seja do ponto de vista religioso, seja do ponto de vista político-partidário! Quando não há esse componente de fé nos posicionamentos político-partidários, aí sim, um bom debate de ideias é salutar, do contrário será simplesmente desperdício de energia mental!

😉

Escreva o que pensa a respeito...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s