[ Meu Olhar que Flanou por Minas – 30.12.2018 ]

A última vez que estivemos em Minas Gerais foi em 2005. Visitamos apenas duas cidades, Ouro Preto e Mariana. Em Belo Horizonte, apenas passamos para desembarcar e embarcar de volta ao Ceará.

Este ano resolvemos voltar a Minas porém para fazer um passeio mais longo e com pretensão de conhecer mais outras cidades.

Nossa jornada se inicia por Belo Horizonte. E hoje, 30 de dezembro, foi oficialmente nosso primeiro dia batendo pernas pela capital mineira. O primeiro local que resolvemos conhecer foi o Mercado Central.

Os mercados das cidades em geral são os melhores locais para se conhecer um pouco mais da vida cotidiana dos habitantes daquele lugar. E o Mercado Central de Belo Horizonte é um desses. O lugar é uma grande confusão de aromas, de cores, de sons, enfim, de gente!!!! Gente para todo lado!!! Gente de todo o tipo.

Passamos a manhã toda batendo perna pelo Mercado Central de BH. Não foi aquele passeio apressado. Não. Foi um passeio para realmente sentir o local. E não faltaram experiências sensoriais. Uma degustação aqui, outra ali. Uma provinha aqui e outra acolá e assim fomos aos poucos comprando vários produtos locais. Experiências culinárias devem fazer parte do dia a dia de qualquer viajante que realmente deseja transformar sua viagem em uma experiência enriquecedora.

Após o Mercado Central nosso destino foi o complexo arquitetônico da Lagoa da Pampulha. Infelizmente acabou chovendo um pouco e parte do passeio foi esperando a chuva passar. Além do mais a Igreja de São Francisco, um dos principais pontos desse complexo estava fechada pois está passando por reformas.

Seguimos em direção do Mineirinho, onde estava acontecendo uma animada feira, que me parece ser o programa de todo o domingo naquele lugar. Vimos também o Mineirão, palco do inesquecível 7 x 1…

Finalizamos nosso dia na Praça da Liberdade, onde passamos um bom tempo sentados num banco e apenas e tão somente contemplando a vida que passava por nós. Crianças, idosos, casais de namorados, músicos que tentavam ganhar algum trocado e vendedores ambulantes… Enfim, um típico cenário que é possível encontrar em qualquer praça por este mundo afora.

Mas os finalmentes mesmo do dia foi no Centro Cultural do Banco do Brasil de BH onde estava acontecendo uma exposição coletiva deveras interessante.

Abaixo algumas fotos do dia!!

Escreva o que pensa a respeito...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s