[ Meu Olhar que Flanou por Minas – 03.01.2019 ]

Ainda em Belo Horizonte, dedicamos o terceiro dia do ano para realizar um dos passeios que não pode faltar em nossas viagens: visita a museus.

Optamos por fazer um périplo pelos museus que estão no entorno da Praça da Liberdade. Havíamos antes visto alguns vídeos no YouTube falando sobre estes espaços e assim já saímos de casa com várias impressões em mente.

Nossa primeira parada foi no Memorial de Minas Gerais Vale. É um incrível espaço dedicado ao povo, a arte e a cultura do Estado de Minas Gerais. Em suas salas há vários recursos multimídia o que acaba fazendo a experiência de visitação do local mais interessante ainda. É um lugar para se visitar com calma.

Nosso segundo destino neste dia foi o Museu das Minas e do Metal. Outro local bastante enriquecedor e que proporciona aos visitantes inúmeras atividades interativas.

Enquanto nos dirigíamos para a Casa Fiat de Cultura (este já não é no entorno da Praça da Liberdade, mas é pertinho, dá para ir caminhando e cantando…) encontramos no meio do caminho, não uma pedra, mas a sede do Minas Tênis Clube e para nossa grata surpresa, em seu espaço cultural havia uma exposição “Litografia – Lotus Lobo“. Após visitar a exposição e fazer uma pequena pausa para o lanche da tarde, seguimos ao nosso destino. E lá encontramos o Presépio Colaborativo, que valeu demais ver.

[ Parábola do Jovem Artista ]

Aquele jovem artista, que iniciava sua vida no mundo das artes, um dia encontrou um artista veterano e sábio.

Imediatamente o jovem artista pede um conselho ao veterano sábio. E este lhe diz:

“Se não quiseres ouvir ou saber de críticas ao teu trabalho jamais, jamais mostra-o ao público. Esconde-o do mundo. Tranca-o a sete chaves. Enterra-o na mais profunda cova. Oculta-o dos olhares e ouvidos dos demais!”

[ Arte ]

Já que arte se tornou um conceito que depende da visão de cada um, venho aqui mostrar o que também considero uma obra de arte!!!

É muito nerd isso, mas na boa, classes bem escritas, com indentação bacana, com comentários bem redigidos e claros é muito bonito!!!! É o estado da arte da programação de computadores!!

Observem o movimento harmônico que há entre os blocos de códigos devidamente espaçados. Nem muito nem pouco espaço.

E mais… E quando se escreve códigos usando um editor que usa cores diferentes para palavras reservadas, nomes de classes, funções e outras coisas mais??!! Aí é que fica mesmo uma obra de arte pós-moderna contemporânea cibernética!!!

A cor de fundo do editor nos remete à idéia de mistério, da obscuridade. Enquanto que os códigos coloridos são como lanternas, pirilampos a nos guiar em meio à escuridão da Ignorância.

😍😍😍

[ As bancadas que faltam no Congresso Nacional ]

No Congresso tem bancada de tudo enquanto!!!

É bancada da bala, da bola, evangélica, do agronegocio, et cetera, et cetera , et cetera e tal!!!!

Mas está faltando as bancadas: da ciência, das artes, dos professores…

Então, o que falta para termos estas bancadas???!!

1o. Que cientistas, artistas e professores lancem suas candidaturas.

2o. Que cientistas, artistas e professores apoiem e votem massivamente nos cientistas, artistas e professores que se candidatarem.

E não esquecer de acompanhar o trabalho dos mesmos caso venham a ser eleitos!!!